Pesquisar neste blogue comdeuseaverdadedeorobo

sábado, 31 de outubro de 2020

MAIS UMA PROPOSTA: THOMÁS BRITO LANÇA “BOLSA FAMÍLIA MUNICIPAL” COMO FORMA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL AS FAMÍLIAS CARENTES



 


Essa foi outra proposta bastante ousada e necessária para as famílias Oroboenses apresentada pelo Candidato Thomás Brito. Quem caminha e conhece a realidade do povo de Orobó sabe da necessidade de se criar esse auxílio municipal. Por incrível que pareça, ainda existe famílias em situação de vulnerabilidade social em nosso município, não estamos falando de uma ou duas, são várias. É preciso combater isso com políticas públicas que garanta a sobrevivência dessas famílias, buscando resgatar vidas e diminuir a desigualdade social que ainda existe na nossa cidade. 

Orobó precisa disso, se humanizar novamente!

Postado por Madalena França.

Efeito Bolsonaro:Operação Carro-Pipa deve ser interrompido para cidades no Nordeste

 


Publicado em Notícias por  em 31 de outubro de 2020
Postado por Madalena França

Por Gustavo Uribe e Daniel Carvalho, da Folhapress

Por falta de dinheiro, famílias que dependem de carros-pipa no Nordeste devem deixar de receber água potável a partir deste domingo (1º), em meio ao período de seca na região.

Segundo relatos feitos à reportagem, a interrupção do serviço, por meio da Operação Carro-Pipa, foi informada por integrantes do governo federal a autoridades estaduais e municipais de estados como Bahia e Pernambuco.

A iniciativa, que atende cerca de 850 municípios, prevê que o Exército fiscalize e coordene a distribuição da água em áreas atingidas pela seca.

A reportagem teve acesso a um aviso de um batalhão baiano a motoristas de caminhões-pipa, enviado na quinta-feira (29), especificando que o serviço será interrompido “por falta de recursos para pagamentos diversos”.

Procurado pela reportagem, o Exército não se manifestou até a publicação desta reportagem.

O governo federal tinha conhecimento de que não haveria dinheiro suficiente e pediu a realocação de recursos para que o Exército contratasse carros-pipa. O projeto que autoriza a medida, porém, ainda não foi votado pelo Congresso.

Documento com data de 30 de setembro anexado ao PLN (projeto de lei do Congresso Nacional) nº 30 informa que o crédito em pauta visa possibilitar o atendimento de despesas no Ministério do Desenvolvimento Regional, entre outros.

Ele detalha que os recursos são para o “custeio da Operação Carro-Pipa entre os meses de setembro a dezembro visando garantir o atendimento com água potável à população vitimada pela seca no semiárido brasileiro, entre outras”. O texto é assinado pelo ministro Paulo Guedes (Economia).

Nesta sexta-feira (30), o senador Jaques Wagner (PT-BA) ingressou com requerimento pedindo esclarecimentos ao ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) sobre o fornecimento de água no Norte e no Nordeste.

O documento aponta que a iniciativa envolve cerca de 7.000 veículos, que levam água para 79 mil pontos de abastecimento e cisternas coletivas.

Em São Bento do Una (PE), a 210 km do Recife, a prefeitura disse que há 144 pontos abastecidos pelo Exército.

Com a interrupção do serviço, a prefeita Débora Almeida (PSB) afirmou que entre 30 e 40 famílias ficarão sem água. “É muito ruim. Estamos na seca. A prefeitura não consegue abastecer todo mundo. É impossível”, afirmou Almeida à reportagem.

“Eu nem tenho carro-pipa suficiente. Só tenho três caminhões e temos de abastecer hospital, posto de saúde, e as escolas, mesmo sem estarem funcionando. Não conseguimos chegar no número de pessoas que eles chegam”, afirmou.

A prefeita disse que um de seus secretários recebeu de integrante do Exército mensagem que dizia “informo que na semana que vem a operação vai estar parada até recebermos os créditos do MDR [Ministério do Desenvolvimento Regional]. Estávamos com as OS [ordens de serviço] feitas, porém não chegaram os créditos”.

O presidente da Amupe (Associação Municipalista de Pernambuco), José Patriota, disse que os prefeitos foram informados do corte apenas nesta sexta, dois dias antes da interrupção do serviço.

No fim da tarde, ele ainda tomava pé da situação e articulava com a bancada nordestina do Congresso uma solução para o problema.

A região passou por sete anos de seca, de 2012 a 2019. Em 2020, voltou a chover, mas agora o momento é de estiagem. “Isso vai dar um rebuliço grande. É o pico da seca de todo o semiárido nordestino”, disse Patriota.

O Ministério do Desenvolvimento Regional informou que solicitou a suplementação de recursos do orçamento para manter as ações da operação carro-pipa, bem como a continuidade de obras essenciais nas áreas de saneamento e segurança hídrica, evitando paralisações.

O remanejamento de recursos está previsto no PLN 30, que aguarda apreciação pelo Congresso Nacional. De acordo com a pasta, para a manutenção da operação carro-pipa até o final do ano são necessários R$ 142 milhões.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse à reportagem que o Congresso fará sessão na quarta-feira (4) para votar todos os 29 PLNs, matérias que abrem espaço no Orçamento, que estão parados sobre sua mesa.

Casos de Coronavírus volta a crescer no Brasil

 


Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 31 de outubro, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)

G1 O Brasil tem 159.562 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h deste sábado (30), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Desde o balanço das 20h de sexta-feira (30), nenhum estado atualizou as informações. Veja os números consolidados: 159.562 mortes confirmadas 5.519.528 casos confirmados Na sexta-feira, às 20h, o balanço indicou: 529 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 159.562 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 433. A variação foi de -12% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nas mortes por Covid, ou seja, quando não houve aumento ou queda significativa no período. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 5.519.528 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 23.126 desses confirmados […]
Postado por Madalena França.

A partir deste sábado, candidato só pode ser preso em flagrante

 Corre pra não ser pego com a boca na botija....

Infonet

A partir deste sábado, 31 de outubro, 15 dias antes do primeiro turno das eleições municipais, nenhum candidato que concorre ao pleito pode ser preso ou detido, a não ser que seja em flagrante delito.

A legislação eleitoral (Artigo 236 da Lei nº 4.737) diz que 15 dias antes e 48 horas depois das eleições nenhum candidato pode ser preso, salvo em casos de flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou ainda, por desrespeito a salvo-conduto.

A mesma premissa vale para os eleitores, mas o prazo é diferente. A legislação eleitoral diz que nenhum eleitor pode ser preso ou detido cinco dias antes das eleições, ou seja, a partir do dia 10 de novembro.

No dia do pleito, os membros das mesas receptoras e os fiscais de partido, durante o exercício de suas funções, não poderão ser detidos ou presos, com exceção para os casos em flagrante. O objetivo das proibições, previstas no Código Eleitoral, é garantir ao máximo o direito de voto e de participação nas eleições.(Dimas Santos)

Postado por Madalena França

João Camêlo desmarca Carreata e diz que seguirá em contato com o povo pelas redes sociais: 40 é a voz do povão.

 COMUNICADO SOBRE CANCELAMENTO DO NOSSO ARRASTA 40



Agora é o porta a porta é o Diálogo que fará a diferença.

Devido à Resolução do TRE-PE (372 de 29 de outubro de 2020), que proíbe a realização de atos presenciais de campanha eleitoral causadores de aglomeração em todo o Estado, comunicamos o cancelamento do nosso arrasta40, que seria realizada no dia (01/11), com saída do Diogo para Lagoa de Pedra. Apesar de estarmos cientes e tomando todos os cuidados para combater a contaminação pelo Coronavírus, vamos atender a medida estabelecida pelo Tribunal Regional Eleitoral.

A Nossa campanha continuará forte nas redes sociais. Também vamos manter um canal aberto de diálogo com o povo das comunidades de Casinhas, de maneira digital. Peço que continuem acompanhando as ações e divulgando com seus amigos e conhecidos, para que a voz de todos nós possa valer. Vamos chegar juntos à vitória.

Conto com seu apoio! Disse O prefeito e candidato a reeleição, João Camêlo.


Postado por Madalena França

Candidatos não queriam parar eventos políticos :“Acabou a campanha! Vai ser por osmose agora, pela lei da inércia”

 


Por Renata Bezerra

Ainda que inconformados, a palavra de ordem entre prefeitos do Estado, agora, é não comprar briga abertamente com a Justiça Eleitoral. Ao menos, essa é a regra que parece reger a maioria, segundo eles mesmos relatam nos bastidores. No “day after” da Resolução n. 372/2020, editada pelo TRE-PE, gestores municipais e candidatos acenderam o sinal amarelo. Mas evitam indisposição com a Justiça Eleitoral. Há iniciativas variadas de recursos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas, nas coxias, essas movimentações, em geral, têm sido atribuídas “a advogados ou representantes da sociedade civil”.  No interior, a decisão do TRE-PE foi sentida de forma mais intensa devido à ausência, em grande parte dos municípios, de guias de rádio e de televisão. “Em muitos municípios, nem guia de rádio tem”, assinala um prefeito em reserva. Como a coluna antecipou, a resolução do tribunal proibiu, em todo o estado, atos presenciais relacionados à campanha, causadores de aglomeração.

Isso inclui eventos em espaços abertos, semi-abertos ou no formato drive-in. Um dirigente partidário, à coluna, sacramenta: “Acabou a campanha! Vai ser por osmose agora, pela lei da inércia”. A mesma fonte lamenta que isso represente “a negação do debate de ideias”. Um outro gestor diz que a decisão “foi muito rigorosa” e argumenta: “Uma coisa é fazer protocolos serem cumpridos, outra é decretar um lockdown na eleição”. Ontem, o ministro Tarcisio Vieira, do TSE, proferiu decisão em mandado de segurança impetrado pelo candidato à Prefeitura de Catende, José Rinaldo Fernandes, contra ato do TRE-PE. O ministro realçou “a excepcionalidade do momento em que está inserido o pleito” e o “diminuto período de campanha restante” para determinar ao TRE-PE que “proceda a uma periódica reavaliação do quadro”. Em outras palavras, segue em vigor a proibição do TRE-PE, que passou a valer na última quinta-feira, a despeito de, em tese, aglomerações já serem, naturalmente, vedadas nos protocolos da pandemia, ainda que algumas campanhas eleitorais possam ter feito vista grossa para isso. Em condições normais de temperatura e pressão, não teria sido necessário adiar a data do pleito: o primeiro turno teria ocorrido em 4 de outubro.

Enquanto isso, no Recife…
Houve, na Capital, quem resumisse em duas palavras o novo estado de proibição de aglomerações na campanha: “golpe baixo”. Para alguns, não restam dúvidas de que qualquer candidato que lidere pesquisas deve estar em posição mais confortável de agora em diante. No caso do Recife, quem figura à frente é João Campos. Entre aliados do socialista, prevalece um discurso de que a rua vai fazer muita falta dada à dinâmica e o perfil do candidato.

Tête-à-tête > “A campanha de João tem um efeito muito forte de presença. As pessoas reconhecem ele, reconhecem o apoio que ele recebe de determinada liderança local, seja vereador, líder comunitário ou algo parecido. A presença dele ao lado dessas pessoas retira dúvidas de quem cada vereador, líder, está apoiando”, assinala uma fonte ligada ao socialista à coluna.

Na mosca > Nas oposições na Capital, há ainda quem veja como “desproporcional” a medida do TRE-PE. À coluna, um oposicionista, diz que a nova regra só tende a ajudar quem já lidera: “é na mosca!”.

No Buggy > Coordenador da campanha da delegada Patrícia, Daniel Coelho não faz objeção à proibição do TRE-PE. “No nosso carro, vamos andar nós três (ele, a candidata e o vice, Leo Salazar) e vamos andar a cidade toda”. Não vamos fazer carreata, nem desrespeitar nenhuma norma, mas vamos continuar falando com as pessoas, porque o povo nos bairros quer conversar, falar e dar apoio. (Folha de Pernambuco)

Postado por Madalena França

Olha a Hora: o dia da liberdade está logo alí....

 Falta 15 dias pra gente ser feliz de Novo. Dalé 40... Na minha contagem eu não conto o 15 porque já é o dia da festa.


Por Madalena França.

O comerciante é cidadão e tem direito a votar em quem quiser: já o comércio não deveria se expor porque atende a todos.

 

Como Oroboense nata eu vi cada comerciante iniciar seus trabalhos, progredir e esse progresso foi muito mais evidente no Governo de Zé Francisco, onde além do 13% , tínhamos os rateios do FUNDEF e depois FUMDEB chegando a ter 3 folhas de pagamento extras no final do ano. Voltávamos para casa cheias de produtos. Eu mesma era uma consumista nata. Sempre honrei meus compromissos e daqui de casa, da farmácia a ração para gato, se for uma assinatura de Madalena França, com dinheiro ou sem dinheiro, nunca deixou de vir. Graças a Deus, agradeço aos comerciantes e a minha honradez.
Tenho por Mingo, por exemplo, Beta Lins, Dilma, e Ricardo fotografias, um carinho extra. Porque lá me sinto em casa. 
Hoje quando vi essa Manchete e esta foto me surpreendi. Não pelo voto deles. É um direito democrático fazer suas escolhas sejam certas ou erradas. Eles são cidadãos. O que chamou atenção foi a Manchete:"

"PENSANDO DO PAGAMENTO EM DIA, NAS 2.500 FAMÍLIAS BENEFICIADAS NO GARANTIA-SAFRA E NAS CENTENAS DE OBRAS QUE EMPREGAM O TRABALHADOR OROBOENSE, COMERCIANTES DE OROBÓ ADEREM DE VEZ A CANDIDATURA DE BIU ABREU".(Edinho Soares) .

Primeiro não são todos comerciantes de Orobó. O comércio  do município vai muito além de 16 investidores que aparecem na foto. Orobó é bem maior que isso. Depois, desde Zé Francisco, não se viu atraso em pagamento de Orobó, Com exceção do último mês do Prefeito MJ e ele e Deus sabe bem o porquê? Pagamento em dia em Orobó, nunca foi privilégio de Chaparral. Estás sem assunto Soares? Não ajuda o teu candidato a perder os poucos votos que terá.

Na gestão do atual prefeito, é verdade que o pagamento dos funcionários efetivos é em dia. Mas perdemos muito o poder de compra, pois nossos RATEIOS FORAM sequestrados, e perdemos muitos direitos adquiridos , aumentos de impostos e descontos que acabaram fazendo um rombo no nosso salário. Além disso , como a saúde é um caos, precisamos pagar todos os exames médicos, até um exame de feses . Como saúde é prioridade , acaba diminuindo para comprar roupas, calçados acessórios e etc.
OPINIÃO: Me perdoem meus amigos! Nada contra a vocês! Mas essa manchete pegou muito mal.
Ontem Biu Abreu levou um banho no debate. Os 4 cantos de Orobó, Gritam urgente por mudança e a Vitória de Julia e Thomás tem 95 % de certeza.
Eu vou continuar abraçando e comprando a vocês do mesmo jeito. Mas tem pessoas que poderão se magoar e fazer diferente. Correr para as lojas que apoiaram Thomás e seria justo, pois uma mão lava a outra e as duas lavam todo o resto.
Me desculpem mas acho que foi uma ideia muito infeliz que pode prejudicar o comércio de vocês!

Por Madalena França.


Bom Dia vida, Bom dia Sábado, Bom dia Deus, Bom dia amigos! Lindo sábado a todos...

 

Po Madalena França...

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

ELEIÇÕES 2020: THOMÁS BRITO SE DESTACA EM DEBATE CONTRA BIU ABREU E DEMONSTRA SER O MAIS PREPARADO E COMPETENTE PARA ASSUMIR O CARGO DO EXECUTIVO MUNICIPAL


 



Na noite desta sexta-feira ocorreu o primeiro debate eleitoral entre os candidatos a prefeito de Orobó, de um lado Thomás Brito e do outro Biu Abreu. De forma tranquila e firme o candidato Thomás Brito deu uma aula de preparo e competência a frente do candidato Biu Abreu. Durante todo o debate, Thomás Brito mostrou diversos projetos para nossa cidade enquanto o outro candidato só falava do passado, sem perspectiva nenhuma para o futuro

O futuro está logo alí e Thomás Brito estará nele! Falou bonito menino do povão!


Postado por Madalena França.

Homofobia foi a última piada do Presidente:Agora virei boiola, igual maranhense é isso? Disse...

 

Piada – Na passagem pelo Maranhão, ontem, o presidente fez piada de tom homofóbico em uma parada não programada no município de Macabeira. No trajeto da capital, São Luís, até Imperatriz, o mandatário parou para cumprimentar apoiadores, que ofereceram para o presidente um copo de Guaraná Jesus, refrigerante de cor-de-rosa tradicional do Estado. "Agora virei boiola igual maranhense, é isso?", disse ao beber o refrigerante. "É cor-de-rosa do Maranhão aí, ó. Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense hein", acrescentou. Sem máscara, o presidente causou a aglomeração de pessoas no local, onde posou para fotos. A interação foi transmitida ao vivo pelas redes sociais do chefe do Executivo.(magno Martins)

Sextou; tem debate e o dia está pertinho, pertinho...

 Faltam apenas  16 dias para a festa da alegria. Por que quando bater dia 15 de Novembro será festa o dia inteiro. Pode acreditar, que alegria vai chegar...


Por Madalena França

A vida é sua e o que está nos planos de Deus ninguém muda...

 


Bom dia Sextou!

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

TRE-PE proíbe atos presenciais de campanha que causem aglomeração

 


Postado por Madalena França.

Por seis votos a zero e uma abstenção, Corte Eleitoral suspende eventos que possam colocar em risco a vida das pessoas

Foto da fachada do prédio do TRE Pernambuco

Diante do aumento de casos de contaminação pelo novo coronavírus e preocupado em preservar vidas, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) determinou, na noite desta quinta-feira (29-10), a proibição, em Pernambuco, de todos os atos presenciais de campanha eleitoral causadores de aglomeração.

Estão suspensos, portanto, em todos os 184 municípios do Estado, eventos como comícios, bandeiraços, passeatas, caminhadas, carreatas e similares, além de confraternizações, inclusive para arrecadação de recursos de campanha. A proibição se estende a eventos no modelo drive-thru e drive-in.

Pernambuco e o Brasil, assim como outros Estados e países, vivem, atualmente, sob a ameaça da chamada "segunda onda" da covid-19. "O TRE, com a decisão de hoje, mostra o seu compromisso com a saúde e a vida dos cidadãos e cidadãs pernambucanos", disse o presidente do Tribunal, desembargador Frederico Neves.

A Corte Eleitoral de Pernambuco aprovou a decisão por 6 a 0 (houve uma abstenção). A proposta de proibição dos atos presenciais de campanha foi apresentada em Resolução pelo presidente do TRE-PE, desembargador Frederico Neves. Clique aqui e leia Resolução. O julgamento pode ser acessado no Canal do TRE-PE no YouTube (www.youtube.com/watch?v=qHfbKzKVnjg)

De acordo com a resolução, os juízes eleitorais, no exercício do poder de polícia conferido pela legislação, deverão coibir todo e qualquer ato de campanha que viole a resolução. A resolução também estabelece que as decisões judiciais para restauração da ordem, no que se refere à aglomeração irregular de pessoas e à inobservância das demais medidas sanitárias obrigatórias em atos de campanha, deverão ressalvar que constitui crime de desobediência a recusa ao cumprimento de diligências, ordens ou instruções da Justiça Eleitoral ou a oposição de embaraços à sua execução.

Ao apresentar a proposta de resolução, o presidente do TRE-PE levou em consideração, entre outros fatores, que, na prática, o controle do distanciamento social, do uso de máscaras e de outras precauções tem se revelado absolutamente ineficaz nos atos de campanha eleitoral.

A prova de que as ações do Poder Público não estão surtindo efeito são os vários vídeos de aglomerações que vêm sendo veiculados na imprensa e nas redes sociais.

resolução também aponta, em seus "considerandos", dois pontos que merecem ser destacados. Primeiro: A conjuntura de extrema gravidade e incertezas decorrente da pandemia da covid-19 está por exigir postura responsável de todos e, sobretudo, daqueles que almejam ocupar cargos nos Poderes Legislativo e Executivo, responsáveis pela definição e execução de políticas públicas, bem assim da própria Justiça Eleitoral. E o mais importante: a preservação da vida, que está acima de tudo, exige a contribuição de todos.

Confira as promoções de final de semana do Frigorífico São Francisco de Assis...

  Fígado de boi o quilo 13 reais Costela mole de boi 22 reais o quilo Acém o quilo a 22 reais Sarapatel 8 reais o quilo Carne de porco 15 re...